Descubra a energia solar

Solar
Térmico

Água quente solar

Aquecimento de águas sanitárias ou de piscinas. Com energia solar térmica fica sempre a poupar.

[habitações, empresas, instituições, setor público]

+ Saber mais

Solar
Fotovoltaico

Eletricidade gratuita

Produção de energia elétrica para sistemas autónomos. Em casa, no mar ou na estrada, com energia solar.

[habitações, campismo, náutica, agricultura]

+ Saber mais

Autoconsumo
Fotovoltaico

Autonomia e poupança

Produza a sua própria energia. Do sol para o seu lar ou empresa. Comece já a poupar.

[habitações, empresas, instituições]

+ Saber mais

Benefícios da Energia Solar

O Sol é uma fonte inesgotável e gratuita de energia. Agora pode ser para todos.

Pela sua localização geográfica e condições meterológicas excepcionais, Portugal regista entre 2200 e 3000 horas de Sol anuais. Isto representa uma média de 6 a 8 horas diárias de Sol com um potencial energético de aproximadamente 1 kW por metro quadrado.

Com estas condições favoráveis, Portugal é um país de excelência para o aproveitamento da energia solar, permitindo realizar investimentos sólidos e seguros, com um reduzido período de retorno, habitualmente entre os 3 e os 6 anos.

+ Pergunte-nos mais

Como funciona?

Converter energia solar em energia térmica ou elétrica é um processo tecnologicamente avançado, mas incrivelmente simples e económico.

A energia térmica é obtida pela captação da energia solar em superfícies de elevado rendimento. Os coletores (painéis) térmicos possuem ainda um vidro específico que promove a captação e minimiza as perdas por reflexão. A energia é então transferida para o fluído solar, existente no interior do circuito de Cobre do coletor.
Na tecnologia fotovoltaica, a energia elétrica é convertida nos módulos (painéis) de Silício, podendo estes ser do tipo monocristalino, policristalino ou amorfo. A exposição à radiação solar provoca um efeito químico e elétrico que produz cargas. Estas serão utilizadas em sistemas de corrente contínua (DC) ou de corrente alternada (AC), por meio de um inversor (DC-AC) autónomo ou de ligação à rede.

Cada módulo fotovoltaico é composto por várias células, obtendo-se assim a tensão (V) e corrente (A) adequadas à aplicação desejada. Podem ainda ser combinados vários módulos em série e/ou paralelo até serem atingidos os valores de potência (W) e tensão necessários.

+ Pergunte-nos mais